menu
spacer
menu Home  
 
  NOTICIAS recentes

O melhor campeonato de TT da Europa regressa no Pinhal

fotoCampeonato Nacional de Todo-o-Terreno 2020
Baja TT do Pinhal
12 e 13 de setembro

134 inscritos em jornada alargada ao Mundial e Europeu de Bajas


Seis meses depois da última corrida de todo-o-terreno disputada em Portugal, Vila Velha de Rodão vai receber a caravana do CNTT para o regresso das competições numa temporada marcada pela pandemia do Covid 19. Uma jornada que acrescenta à competição nacional a inclusão na Taça do Mundo FIM de Bajas e Campeonato Europeu de Bajas abertas a Motos, Quads e agora também agora SSV. De regresso está também a Taça Yamaha YXZ1000R a única competição monomarca que se mantém ativa este ano. Também o desafio Road to Dakar para os SSV está de regresso, ele que tem como prémio uma inscrição para o Dakar 2021.

Novidades e regressos
Com uma excelente lista de 134 participantes a jornada beirã organizada pela Escuderia Castelo Branco conta com algumas novidades deveras interessantes. Nas motos realce para a presença da equipa oficial da Hero com a estreia de Sebastian Bühler e ainda do indiano CS Santosh. Nos SSV destaque para as estreias do Polaris PRO XP tendo como piloto o ex-campeão nacional Rui Serpa e para a máquina construída por Fernando Santos, sendo o Can-Am da Extreme Raid pilotado pelo consagrado Henrique Nogueira. Destaque ainda para o facto de serem 11 as diferentes nacionalidades com pilotos provenientes de quatro continentes: Portugal, Espanha, França, Itália, India, Polónia, Chile, Brasil,República Checa, Qatar e Angola.

De entre os regressos de referir o de Pedro Bianchi Prata nas duas rodas, o de Ruben Alexandre nos Quad, enquanto nos SSV surgem na lista de inscritos os nomes de Ruben Faria, a campeã de ralis Inês Grancha a navegar o marido Pedro, o piloto auto Pedro Ferreira, o veterano Mário Ferreira.

Muitos candidatos às vitórias
A competição destinada aos SSV é tradicionalmente aquela em que a lista de candidatos ao triunfo é mais extensa. Em Góis, a única prova disputada para o CNTT de 2020, o pódio contou com o campeão Pedro Santinho Mendes seguido de João Dias e Nelson Caxias. Para além desta prova disputou-se ainda a Taça de Portugal em Beja que teve como vencedor João Monteiro na altura seguido de Pedro Carvalho e João Dias. Já em Santiago do Cacém, na estreante e extracampeonato Baja TT ACP, o vencedor foi Luis Cidade com Lourenço Rosa e Mário Franco a partilharem o pódio. Por último no Test Day TT, com o qual se fez o primeiro teste competitivo pós Covid 19, o mais rápido foi João Dias seguido de Luís Cidade e Pedro Carvalho.

Esta mostra de resultados dá para ter uma noção dos principais candidatos às vitórias. Aos nomes citados deveremos acrescentar os de Beto Borrego, Vítor Santos, Gonçalo Guerreiro e Nuno Fontes. À exceção de Mário Franco, que mantém a sua forte aposta no Yamaha, todos os restantes pilotam o excelente Can-Am Maverick X3.

Uma referência especial para dois jovens que estão a dar os primeiros passos, mas cujo andamento já mostrou ser de excelência, falamos de Rui Carneiro (que passou pelo comando em Beja) e Alexandre Pinto.

Nos Quad, Luís Engeitado terá de novo como adversário Luís Fernandes que com ele partilhou o pódio em Góis aos quais se junta um rapidíssimo Ruben Alexandre que, como já referimos, está de regresso às competições.

Já nas motos o leque de candidatos é igualmente bastante extenso pese o facto de o campeão nacional e já este ano vencedor da Taça de Portugal, Daniel Jordão ter já terminado a sua temporada na sequência de uma queda nos treinos para esta corrida. Tinha subido ao pódio em Góis juntamente com os consagradíssimos António Maio e Mário Patrão. Sebastian Bühler será agora o grande adversário a quem se juntam os nomes de Martim Ventura, Salvador Vargas, o mais rápido no Test Day, o campeão CNRR Bruno Santos e o regressado David Megre vencedor da Baja ACP. A dar os primeiros passos no CNTT, Micael Simão que trabalha com Ruben Faria é um nome a ter em conta para a disputa das primeiras posições.

Competições internacionais
Com uma Taça do Mundo FIM de Bajas que compreende para além do Pinhal, a Baja Portalegre, a Baja do Dubai e um Campeonato Europeu de Bajas que inclui ainda a Baja TT Idanha e a Baja Extremadura (Badajoz) os pilotos portugueses terão grandes hipóteses de discutirem entre si os títulos. Foram muitos os que fizeram o upgrade da sua licença desportiva e estão inscritos para mais este desafio como poderão verificar nas listas de inscritos.

Taça YXZ1000R
Está de regresso num formato que apenas comtempla uma classificação aberta a todos os inscritos. De salientar que em 2019 André Rodrigues tinha triunfado na Classe Open e Eric Steichen na muito competitiva classe Stock.

Promoção Jovem
Numa iniciativa para Motos e Quads levada a cabo pela A2 Comunicação, promotora do CNTT com o apoio dos clubes organizadores, da Anube e da FMP os jovens até aos 21 anos sem participações anteriores no CNTT bem as senhoras, independentemente da idade e antecedentes, estarão até ao final do ano isentos de pagamento de taxa de inscrição desde que se comprometam a participar num número mínimo de provas (três das quatro que faltam disputar). A Baja TT do Pinhal regista oito jovens pilotos nas motos, dois nos quad e três nas senhoras.

Senhoras com forte participação
Destaque para a elevada participação feminina. Aos nomes de Bruna Antunes, Inês Godinho e Janaina Sousa juntam-se os das espanholas Sara Garcia e Rosa Romero nas motos e da checa Olga Rouková que estiveram no Dakar2020. A checa Nelly Caisová, que em 2019 participou na Mini Baja, ascendeu agora ao escalão Superior onde estará também a sua jovem compatriota Katerina Siruckova. Nos SSV, onde a francesa Dorothee Ferreira se mantém como a única piloto, participam mais cinco senhoras como navegadores.

Equipas muito ativas e regulamentos inalterados
São cada vez mais os pilotos inscritos com licença de concorrente alargando por isso a forte competição de equipas do CNTT onde pontuam os dois melhores SSV e o melhor piloto de moto de entre os que se inscreverem com as referidas licenças.
Um outro aspeto a salientar é o de que se mantém inalterada a regra de a pontuação final do campeonato prescindir da pior classificação de cada piloto, pese o facto de o CNTT ter sido amputado de duas das suas provas.

300 quilómetros em dois dias de competição
A Baja TT do Pinhal será a 2ª jornada de 2020 depois do já disputado Raid TT a Góis. A prova beirã o seu centro nevrálgico instalado em Vila Velha de Rodão e uma estrutura competitiva adaptada às regras impostas pela DGS para que se possa manter o distanciamento social que a pandemia ainda exige. Nesse sentido, foi suprimido o prólogo, a super especial, bem como o briefing que passará a ser escrito e a distribuição de prémios. No Sábado terão lugar as tradicionais verificações, seguidas de um primeiro setor seletivo com 80 km. No Domingo disputam-se dois troços um com 140 e outro com 80 Km.
Ver todas »
Magazine TT

100 imagens –
Elisabete Jacinto 10 anos de camião
os nossos PARCEIROS
Aifa   Vida Boémia
Produção Audiovisual
spacer
Aifa   PMBarreiros
Serviços de Fotografia e Design de Comunicação
spacer
Aifa   R2
Agência de Comunicação e Publicidade
a sua NEWSLETTER
  © 2006 A2 comunicação. Todos os direitos reservados