menu
spacer
menu Home  
 
  NOTICIAS recentes

José Megre partiu para a mais longa viagem

foto

José Megre deixou-nos, mas a sua obra continuará bem presente.

Conheci pessoalmente José Megre no 1º Rali Maratona de Portalegre em Abril de 1987. Entrevistei-o para o programa Rotações da Rádio Saturno, que então fazia em companhia do Jaime Santos. Nesse dia, muito mudou na minha vida rumo a uma profissionalização em todo o terreno e ao caminho que hoje trilho.

Dois meses depois já integrava a equipa do Clube Aventura na organização do 2º Raid a Portugal. O convívio e ligação de trabalho com José Megre estendeu-se depois à sua Revista Aventura, primeiro como colaborador e depois com o chefe de redacção. Também os anuários, que foram produzidos em parceria com o Correio da Manhã do Carlos Barbosa, nos colocaram muito tempo juntos.

Passei para o outro lado da barreira e como piloto experimentei a sua notável capacidade de organizador. Regressei a uma ampla colaboração, já como repórter da RTP e mais tarde como seu Assessor de Imprensa. Recentemente, depois da passagem das competições para o seio do ACP, o nosso contacto foi ainda mais intenso.

O Transportugal, a Feira do Colecionismo, o seu site pessoal, onde a imagem do viajante notável ficou finalmente acessível a todos, o seu mais recente livro, que estava quase pronto, faziam parte de um vasto programa de trabalho. O ritmo era impressionante, porque o José Megre vivia intensamente.

Partilhávamos muito as nossas impressões sobre esta modalidade magnífica que é o Todo o Terreno, a que ele soube dar um cunho tão especial, a ponto de ser justamente considerado uma referência mundial e o responsável por este pequeno Portugal ser tão importante, forte e invejado, como se viu no passado fim de semana.

Debilitado fisicamente, mas com uma lucidez notável, participou de forma brilhante, através de uma longa mensagem gravada em vídeo, no debate que organizei em Dezembro sobre "África e as competições de Todo o Terreno".

Com tantas ideias ainda por concretizar quis Deus que ele partisse rumo a uma nova viagem. Pela minha parte não tenho a menor dúvida em afirmar que me sinto profundamente marcado por esta figura e pessoa notável que é o José Megre e que tudo farei por manter acesa a chama dos seus importantes ensinamentos.  

Pedro Barreiros

« Voltar
os nossos CLIENTES
a sua NEWSLETTER
  © 2006 A2 comunicação. Todos os direitos reservados